Biel Carpenter

Para descrever esse vídeo e o Biel vamos pegar emprestadas as palavras de Irinêo Baptista Netto, que escreveu sobre ele em 2011, para a Gazeta do Povo, de Londrina. As aspas são de Biel em texto de Irinêo:

“Gosto de pesquisar papéis, geralmente uso papéis de gramatura alta, que são fabricados especificamente para gravura. Namoro papel bonito”.

Papel é enfim o material com que mais gosta de trabalhar. Ele e tinta nanquim. Colocadas de lado as preferências, é capaz de transitar por várias modalidades: gravuras, bordados, ilustrações e cartazes.

“Estou sempre pesquisando coisas novas. A razão de trabalhar é um pouco isso: explorar formatos que ainda não conheço, estar no limite das possibilidades”, explica. “Tenho uma intimidade muito grande com a gravura em metal. Com o papel, já existe uma cumplicidade, o trabalho acontece com a ajuda dele.”

“Meu trabalho é um contato que se dá na hora do silêncio, na falta de intenção. Não tenho ritual, mas antes de trabalhar costumo ler um livro, e gosto de trabalhar das 22h às 3h, com o som ligado, a janela aberta e uma garrafa de vinho por perto”, diz.

Ao falar sobre o valor do que faz, Biel cita Paulo Sergio Duarte, que disse: “A arte aponta aquilo que falta em você”.

Taí.

 

 

PATROCÍNIO

logo-absurda

BLOG

Autores convidados partilham seus textos e suas opiniões, num espaço fecundo de liberdade e de leitura. Venha ler, venha escrever!

SOUNDCLOUD

As músicas que embalam nossos vídeos também podem te embalar durante seu passeio pelo nosso site e em qualquer lugar!

jabutibumba_site_thumb

FACEBOOK

Já curtiu a nossa página no facebook? Quer saber que amigo seu já curtiu? Tudo que nosso site pode aparecer no seu feed de notícias, é só curtir!

YOUTUBE

Assine nosso canal e receba o nosso conteúdo novo!

bixiga_yt_thumb2