Carlos Ebert, cinema espelho contemporâneo

Desloca-se, como a objetiva da câmera por meio do furta-cor de suas lentes, do jeito que os pés pesam, os punhos pensam. Ser cineasta é ser carregador e se fosse só o peso da câmera ainda não seria leve. O cinema, pode-se chamar de espelho, a face prateada da realidade, invoca os espectros mais pungentes, ainda que totalmente invisíveis, da contemporaneidade. Não está a margem, é a margem.

Carlos Ebert é fotógrafo e diretor de cinema. Foi participante ativo do Cinema Marginal e diretor de fotografia do filme “O Bandido da Luz Vermelha”, de Rogério Sganzerla. A câmera de Ebert é sobre o deslocamento de um bandido que é idiota mas também brilhante, e acaba também sendo sobre o deslocamento de um novo fazer cinematográfico, que olha determinado para o próprio umbigo.

Que se saiba o poder e peso da câmera, diz Carlos Ebert. O homem frente a câmera já é outro homem, completamente pelado, numa alma que se esforça para manter-se. Assumir a câmera em punho, como adição alienígena e que torna qualquer entorno passível de mutação. Que o documentarista saiba o poder do cinema, de ser reflexo de um tempo, mas também de ser profundo modificador dele, dos humanos dentro, dos micro-cosmos fora.

O Brasil é um continente, País é uma palavra pequena, duas sílabas que não comportam. As câmeras devem absorver a diferença de quem dorme na rede no calor do nordeste, mas também de quem vê a janela embranquecer na geada do sul.

Porque como disse Ebert que parafraseou Tolstói: Se você quer ser universal, retrate sua aldeia. Se você quer falar de Brasil, é só por o pé para fora da sua porta e olhar para a rua.

—-

A websérie Tão Longe, Tão Perto acompanha o estudo e a pré-produção do filme documentário Largou As Botas e Mergulhou No Céu, que será rodado no próximo verão. A proposta da série é trazer experiências e ideias de gente que trabalha diante das questões sociais, políticas e culturais brasileiras, seja da antropologia ao cinema, do debate acadêmico ao das ruas.

O leque de entrevistados – cada um dos episódios traz uma conversa sob a mesma estética de enquadramento e linguagem – passa por literatura, música, cinema, televisão, arquitetura, design, sociologia etc., para, a partir da área de atuação do personagem, levantar os principais temas, questões e aflições da contemporaneidade.

De forma geral, Tão Longe, Tão Perto visita os trabalhos e divagações dos entrevistados para construir um raciocínio sobre a nossa sociedade atual. Da série, que começa a ser publicada no mês de outubro no Espaço Húmus, a equipe vai absorvendo o engajamento teórico para contar no documentário Largou As Botas e Mergulhou No Céu histórias comuns aos brasileiros, objeto de pesquisa e criação dos entrevistados deste momento de estudo.

Passada a série, o documentário tentará mostrar na prática todos esses contrastes, inquietações e particularidades da população brasileira por mais de dois meses de viagem, de dezembro até o Carnaval, tendo como área de abordagem o sertão e o litoral nordestinos – o Nordeste é a região escolhida para o projeto, ainda que não se trate de um trabalho com foco regional ou limitação geográfica. — A equipe é formada por Bruno Graziano, Paulo Silva Jr., Raoni Gruber – trio que realizou o documentário O Acre Existe (estreia no Canal Brasil em 28 de outubro) – e Cauê Gruber.

A websérie Tão Longe, Tão Perto estreia em outubro e terá 10 episódios entre as semanas que antecedem a viagem a o período da própria produção do documentário. O filme Largou As Botas e Mergulhou No Céu será produzido entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015 e tem previsão de lançamento no segundo semestre de 2015.

<<< Confira todos os vídeo da série aqui. >>>

 

—-

Facebook do filme Largou As Botas e Mergulhou No Céu

Site da produtora Controle Remoto Filmes

Site do filme O Acre Existe

PATROCÍNIO

logo-absurda

BLOG

Autores convidados partilham seus textos e suas opiniões, num espaço fecundo de liberdade e de leitura. Venha ler, venha escrever!

SOUNDCLOUD

As músicas que embalam nossos vídeos também podem te embalar durante seu passeio pelo nosso site e em qualquer lugar!

jabutibumba_site_thumb

FACEBOOK

Já curtiu a nossa página no facebook? Quer saber que amigo seu já curtiu? Tudo que nosso site pode aparecer no seu feed de notícias, é só curtir!

YOUTUBE

Assine nosso canal e receba o nosso conteúdo novo!

bixiga_yt_thumb2