Guilherme de Faria e Alma Welt

Alma Welt, gaúcha, escritora , poetisa, movimento do pincel. Veio de repente, como um sopro, narradora de um conto paulistano. Nasceu a caminho de Nova Hamburgo, em um parto improvisado, e achou habitação no corpo de um homem. É alma dele. É alma de Guilherme de Faria.

A mulher que é psique do artista plástico nasceu em um momento de introspecção. Em meados de 2001, ele deixou o mercado das artes e se viu então possibilitado a voltar para talentos que por muito foram negados, como a escrita. No quarto conto que escreveu, foi tomado por uma escrita leve, prodigiosa, que fluia muito bem. Encantou-se pela narradora, Alma, que se manifestou por meio dele em pinturas e escritas por muito tempo.

Guilherme explica a presença de Alma Welt (que em tradução seria Alma do Mundo), recorrendo ao conceito dos gregos e romanos do que é a alma. Para esses antigos povos, tanto a alma dos homens quanto das mulheres era Psique , uma mulher. A dele é Alma, embora ele não tenha explicações para sua origem gaúcha. Ela é uma mulher que vive em um universo paralelo, mas que acontece dentro dele.

A recorrência da figura feminina em todas as suas pinturas,  a leveza e a flutuação , são influências naturais da psique Alma. A mulher pálida e loura encarava árvores coloridas, caia como Ofélia, fitava bravamente o mar. Suas manifestações de existência eram a arte.

Segue um de seus poemas:

Peregrinação à Árvore Sagrada (de Alma Welt)

Eu que venho do plano da coxilha
À colina junto ao mar peregrinei
E emocionada então me prosternei
Como pródiga e reverente filha

Diante da sacra Árvore da Vida
Que ali frente ao azul Mediterrâneo
Permanece desde o tempo do Druida
E invisível ao olhar contemporâneo.

Então em minha pira os votos ardo
Com o mate que pra fumigar abafo
Grata à minha Musa e ao meu Bardo

Pois receber um soneto cada dia
Não é pouco privilégio a cortesia
De Ossian e da divina abelha Safo.

Trilha Sonora: João Roquer e Guilherme de Faria – Outra Canção de Lua / João Roquer e Guilherme de Faria – Quando Volto ao Casarão /João Roquer e Guilherme de Faria – Lua de Coxilha

PATROCÍNIO

logo-absurda

BLOG

Autores convidados partilham seus textos e suas opiniões, num espaço fecundo de liberdade e de leitura. Venha ler, venha escrever!

SOUNDCLOUD

As músicas que embalam nossos vídeos também podem te embalar durante seu passeio pelo nosso site e em qualquer lugar!

jabutibumba_site_thumb

FACEBOOK

Já curtiu a nossa página no facebook? Quer saber que amigo seu já curtiu? Tudo que nosso site pode aparecer no seu feed de notícias, é só curtir!

YOUTUBE

Assine nosso canal e receba o nosso conteúdo novo!

bixiga_yt_thumb2