Isa Grinspum e a ‘entidade Brasil’

Para tentar entender (e nunca esperar conseguir) a complexidade que vara o Brasil, talvez seja necessário a malemolência de Darcy Ribeiro quando ele afirmava ter com as cobras algo em comum: a troca de pele. Permitir-se tantas outras coisas, largar a casca antiga, besuntar a derme nova num país que é grande como o universo. Porque o universo não são planetas, são estados amarrados numa costura que parece ter sido feita a mão para unir o que há de mais singular.

A socióloga, cineasta e curadora Isa Grinspum Ferraz, que serpentou e aprendeu por aí com Darcy Ribeiro, é clara: por trás de toda essa mitologia mestiça do Brasil, existe uma dura e complexa realidade. Ela recosta na cadeira, cita poetas políticos que inserem o povo brasileiro como protagonista da história. Ela própria versou quando contou a história de seu tio, Marighella, no documentário homônimo de 2011.

O trabalho de Isa não tem menos de revolução que o de seu tio herói. Dispor-se a derramar um olhar crítico e político sobre a memória e identidade do Brasil é uma tarefa árdua. É erguer lugares como o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo e o Cais do Sertão Luiz Gonzaga, em Recife.

E foi com uma navalha precisa de alteração das percepções que Isa Grinspum desafia o espectador no primeiro vídeo da série Tão Longe, Tão Perto – criação da Controle Remoto Filmes – que começa a ser exibida no Espaço Húmus. É para falar da desigualdade do Brasil, é para falar da força da produção cultural e social da periferia. É para te tirar dessas Manhattanzinhas, redomas que impedem que se conheça o diferente que está na distância de um pé. É para serpentear nas questões importantes e apossar-se delas. Afinal, como Isa mesmo fala, está mais do que na hora de se pensar nesse Brasil plurisocial.

—-

A websérie Tão Longe, Tão Perto acompanha o estudo e a pré-produção do filme documentário Largou As Botas e Mergulhou No Céu, que será rodado no próximo verão.

A proposta da série é trazer experiências e ideias de gente que trabalha diante das questões sociais, políticas e culturais brasileiras, seja da antropologia ao cinema, do debate acadêmico ao das ruas.

O leque de entrevistados – cada um dos episódios traz uma conversa sob a mesma estética de enquadramento e linguagem – passa por literatura, música, cinema, televisão, arquitetura, design, sociologia etc., para, a partir da área de atuação do personagem, levantar os principais temas, questões e aflições da contemporaneidade.

De forma geral, Tão Longe, Tão Perto visita os trabalhos e divagações dos entrevistados para construir um raciocínio sobre a nossa sociedade atual.

Da série, que começa a ser publicada no mês de outubro no Espaço Húmus, a equipe vai absorvendo o engajamento teórico para contar no documentário Largou As Botas e Mergulhou No Céu histórias comuns aos brasileiros, objeto de pesquisa e criação dos entrevistados deste momento de estudo.

Passada a série, o documentário tentará mostrar na prática todos esses contrastes, inquietações e particularidades da população brasileira por mais de dois meses de viagem, de dezembro até o Carnaval, tendo como área de abordagem o sertão e o litoral nordestinos – o Nordeste é a região escolhida para o projeto, ainda que não se trate de um trabalho com foco regional ou limitação geográfica.

A equipe é formada por Bruno Graziano, Paulo Silva Jr., Raoni Gruber – trio que realizou o documentário O Acre Existe (estreia no Canal Brasil em 28 de outubro) – e Cauê Gruber.

A websérie Tão Longe, Tão Perto estreia em outubro e terá 10 episódios entre as semanas que antecedem a viagem a o período da própria produção do documentário.

O filme Largou As Botas e Mergulhou No Céu será produzido entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015 e tem previsão de lançamento no segundo semestre de 2015.

Facebook do filme Largou As Botas e Mergulhou No Céu
Site da produtora Controle Remoto Filmes
Site do filme O Acre Existe

PATROCÍNIO

logo-absurda

BLOG

Autores convidados partilham seus textos e suas opiniões, num espaço fecundo de liberdade e de leitura. Venha ler, venha escrever!

SOUNDCLOUD

As músicas que embalam nossos vídeos também podem te embalar durante seu passeio pelo nosso site e em qualquer lugar!

jabutibumba_site_thumb

FACEBOOK

Já curtiu a nossa página no facebook? Quer saber que amigo seu já curtiu? Tudo que nosso site pode aparecer no seu feed de notícias, é só curtir!

YOUTUBE

Assine nosso canal e receba o nosso conteúdo novo!

bixiga_yt_thumb2