Negahamburguer

O corpo é bruto e verdadeiro; as dobras são feitas de gordura e as marcas são cicatrizes do tempo, que gosta de escrever na pele. O corpo é belo; não existe nada nele que seja feio, seja magro ou gordo, os seios inflados ou o bumbum murcho. É a mulher, mas o corpo dela parece pertencer mais ao mundo ou a opinião do mundo do que à ela mesma.

É para o corpo da mulher voltar a quem pertence que Evelyn Queiróz começou a desenhar. Negahamburguer nasceu naturalmente, como um sopro, um estalar do dedo desenhista. O nome veio de uma boneca rechonchuda que Evelyn tinha quando pequena. A personagem Negahamburguer era pássaro; queria liberdade, soltar-se das amarras de uma mídia opressora e de um machismo que ensinava-a como tinha que se portar. Negahamburguer era a história de todas as mulheres.

E por o ser que Evelyn então começou a receber histórias de mulheres em todo o Brasil. Contos de violência e opressão, mas que Nega transforma em ilustrações que catalisam o trauma em força para lutar. São símbolos delicados, mas poderosos, de lutas diárias e comuns. Mulheres orgulhosas, pernas e seios abertos, feridas expostas, que podem curar outras, curar a si próprias.

Negahamburguer de cabelo azul, dançando e sorrindo. Negahamburguer esparramada no papel, lutando em linhas e cores, pela liberdade do corpo da mulher.

Blog da Negahamburguer: negahamburguer.blogspot.com.br

Confira outros vídeos da nossa Série Feminismo aqui.

 

PATROCÍNIO

logo-absurda

BLOG

Autores convidados partilham seus textos e suas opiniões, num espaço fecundo de liberdade e de leitura. Venha ler, venha escrever!

SOUNDCLOUD

As músicas que embalam nossos vídeos também podem te embalar durante seu passeio pelo nosso site e em qualquer lugar!

jabutibumba_site_thumb

FACEBOOK

Já curtiu a nossa página no facebook? Quer saber que amigo seu já curtiu? Tudo que nosso site pode aparecer no seu feed de notícias, é só curtir!

YOUTUBE

Assine nosso canal e receba o nosso conteúdo novo!

marceloamorim_yt_thumb2